Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Acertos de uma Miúda

"I felt in love for a whisper, a demon, a torment. I felt in love for a madness."

Mais uma vez

As coisas estão diferentes e eu, em parte, também. Tenho tido pensamentos horríveis, tenho andando farta de cá estar, farta de tudo. Acho que só quando estou a escrever para publicar, me distraio de tudo.

 

Há uns dias, tinha uma pessoa em quem sabia que podia confiar, não a 100% nem lá perto, mas podia, e surpresa das surpresas, esse também foi. Acho tão incrível, quando entram na minha vida como por magia, e dias depois desaparecem dela, também como por magia.

Já devia estar mais que habituada, mas o problema é que só acontece quando eu estou mais em baixo, o que provoca em mim pensamentos que eu nem quero perto. Insistir para quê?!

 

Vários ‘amigos’ meus me dizem que queriam ser como eu, e quando eu pergunto o porquê, a única coisa que me respondem é “estás sempre feliz”. Não sei se hei de ficar feliz por saber que finjo muito bem ou se hei de ficar triste por saber que afinal ninguém me conhece.

De que adianta andar triste? Não é como se quando me perguntam se estou bem, querem mesmo saber.