Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Acertos de uma Miúda

"I felt in love for a whisper, a demon, a torment. I felt in love for a madness."

Bullying

Infelizmente, o bullying é algo que está presente no quotidiano e que, basicamente, é um problema mundial. O objetivo deste texto é tecer alguns conselhos sobre o bullying, sobretudo quando acontece na escola e se não o conseguir, então peço desculpa mas hoje, foi o melhor que consegui escrever. Todos temos dias menos bons, certo?

 

Eu testemunhei bullying desde os meus 10 aos 12/13 anos, e porquê? Porque não era aquela menina perfeita, porque hoje em dia, a nossa sociedade não presta e parece que se alimentam de insultar os outros! E acredito que muitos passem ou já passaram pelo mesmo, afinal mesmo que não demonstremos mínima importância sobre o que dizem sobre nós, ouvimos e isso afeta, mais do que devia.

 

Entre os meus 10 e 13 anos, que foram sem dúvida alguma os piores que já vivi, havia dias em que eu meio que sentia pena de mim mesma, eu pensava que não valia nada, que ninguém gostava de mim, então eu procurava por pessoas que comentassem o facto de eu não valer mesmo nada, só para ter a certeza de que estava certa quando o pensava…

Com o passar dos anos, eu percebi que eu consigo aceitar criticas, definitivamente, mas se me dizem “não gosto de ti” eu quero saber o porquê de não gostarem de mim.

 

Tal como eu, todos ou quase todos os adolescentes que passam ou passaram por isto ou algo parecido, gostavam de conseguir não pensar muito no assunto mas simplesmente não dá porque não há como conseguir entender a sociedade em que vivemos hoje em dia!

 

Agora eu sei que isso foi só uma fase e que, felizmente, já passou por isso, resumindo e baralhando: não ligues ao que os outros dizem, independentemente de ser fácil ou difícil, apenas não o faças porque é isso que eles querem. Atenção. 

Diário De Um Estudante: Primeiro dia de aulas

Hello população da blogosfera!

 

A Detestável desaparecida está de volta, depois de 4 dias sem cá vir!

 

A escola começou hoje, e já só quero férias outra vez. No início dos 3 meses de férias eu só queria voltar para a escola, mas agora quero férias outa vez. É horrível a sensação de ter de acordar cedo, e como se isso já não bastasse, tenho de ir para a escola... Ter aulas de noventa minutos... De manhã... Depois de 3 meses a acordar às duas da tarde!

 

Uma coisa que hoje reparei e achei completamente estupido foram aquelas pessoas, que durante as férias trocam mensagens do tipo “amo-te”, “estou cheio/a de saudades tuas”, “mal posso esperar para te ver!” (...) e quando se encontram na escola, dizem um ‘olá’ e está despachado. Really?! Não entendo...

 

Enfim... A parte positiva deste ano é que nem a minha turma nem os professores mudaram. É a única que consigo encontrar porque seria rude da minha parte se dissesse que a minha escola só tem aspectos negativos apesar de não ter 100% de certeza que isto é um aspecto positivo...

 

Acho que é tudo!

Beijo. 

Homossexualidade

Homossexualidade, um tema bastante polémico... Não, eu não sou homossexual mas descobri há pouco tempo que tenho um amigo que, como eu digo na brincadeira, virou o matraquilho.

 

Não sou contra as relações homossexuais, aliás, eu acho que todos são livres de fazer as suas próprias escolhas, apesar de, muitas vezes não se tratar de uma escolha. Ninguém tem de julgar ou criticar as decisões das outras pessoas, desde que isso não interfira na vida delas!

 

Grande parte dos homossexuais sofrem uma imensa discriminação por pessoas incapazes de serem felizes ou que procuram cuidar da vida alheia, e muitas vezes são obrigados a sentir vergonha de si próprios por preconceito de pessoas medíocres que acreditam ser melhor que eles...

Mas quem sabe um dia, assim espero, todos tenham a capacidade de entender que se não puderem ajudar, ao menos não atrapalhem porque ser homossexual não é uma doença tal como pessoas homossexuais não são bichos!

 

Nós vivemos numa sociedade cruel, onde existem demasiadas pessoas cruéis, ao ponto de preferirem a infelicidade à felicidade das pessoas, e essas sim, deveriam ser tratadas de maneira inferior, tal como tratam os que tentam ser felizes! São tempos diferentes, culturas diferentes, opiniões e pessoas diferentes mas acho que o objectivo de todos, na vida, é ser feliz...  

Filmes e Séries

Olá!

 

Como diz no título, este post vai ser sobre filmes e series. Eu prefiro filmes a séries, por três motivos:

1º- Não gosto de esperar por novos episódios ou novas temporadas;
2º- Filmes não ‘ocupam’ tanto tempo;
3º- Algumas series têm 8 ou 9 temporadas, e a história acaba por se tornar repetitiva.

 

Adiante, o meu Top 10 de filmes:

 

- Divergent (Acção, Aventura) - SPOILER: A Tris morre no Allegiant
- The Hunger Games (Acção, Aventura)
- The Perks of Being a Wallflower (drama, romance)
- The Fault in Our Stars (drama, romance)
- In time (Acção, Ficção Científica)
- Chasing Mavericks (desporto, drama)
- Now is Good (drama)
- Project X (comédia)
- Blue Lagoon: The Awakening (Aventura, Romance)
- soul surfer (Biografia, Drama)

 

Top 10 de series:

 

- The Fosters (drama)
- Make It or Break It (desporto, drama)
- Finding Carter (drama)
- Faking It (comédia)
- Hawaii Five-0 (acção, crime)
- Young & Hungry (comédia)
- Awkward. (comédia, drama)
- Pretty Little Liars (drama, mistério)
- The Vampire Diaries (drama, fantasia)
- Suburgatory (comédia)